fbpx
16 de julho, 2019

Notícias

Home » Destaques » 72% vão fazer compras para Páscoa

72% vão fazer compras para Páscoa

Cada brasileiro deve comprar, em médias, seis itens para a data

 

FOTO: DIVULGAÇÃO

DA REDAÇÃO • SÃO PAULO

 

Se preparando para o período da Páscoa, sete em cada dez consumidores afirmaram que farão alguma compra destinada ao período festivo, somando 113 milhões de consumidores. Desses, 35% vão gastar a mesma quantia do ano passado, 32% devem gastar mais e 25% reduzirão o orçamento.

Os dados fazem parte de uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e aponta ainda que o valor do tíquete médio será de R$195,52. Em média, a expectativa é de que os consumidores comprem seis produtos. Os principais presenteados serão os filhos (59%), os cônjuges (42%), a mãe (41%) e os sobrinhos (33%). Já 27% vão presentear a si próprios. “Esse é o momento de o setor investir em promoções para atrair os consumidores, de olho naqueles que pretendem comprar mais e, sobretudo, nos que ainda não se decidiram ”, avalia o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.

Este ano, estima-se que cerca de 113, 2 milhões de pessoas gastem com a compra de presentes e chocolates durante a Páscoa. A maioria (86%) disse que pretende pesquisar preços antes de levar os ovos ou demais produtos para casa, sendo que os locais preferidos para comparar são supermercados (73%), internet (48%) e lojas em shoppings (40%).

Considerando aqueles que não pretendem ter despesas relacionadas a presentes ou ovos de Páscoa e chocolates, 23% disseram que irão priorizar o pagamento de dívidas. Já 21% mencionaram que estão desempregados e, por essa razão, não vão comprar.

Em relação ao período de compras, metade (49%) vão fazer na semana anterior à Páscoa, enquanto 36% já terão adquirido ovos ou chocolates até a segunda semana de abril. Quanto aos itens mais buscados, os ovos de chocolate seguem no topo da lista, com 79% mantendo a tradição dos ovos. Chama a atenção a preferência por bombons e barras de chocolate, que encostou nos ovo e têm 71% das citações dos entrevistados. Entre marcas tradicionais e chocolates caseiros, a briga é boa. Ainda que 84% dos entrevistados pretendam adquirir itens industrializados, uma parte significativa menciona os chocolates artesanais (48%), fatia que sobe para 58% entre os jovens.

Sobre aforma de pagamento, 78% farão à vista. Outros 43% irão pagar a prazo, sendo 20% em parcela única no cartão.

 

Fonte: DCI

Comentários