fbpx
24 de agosto, 2019

Notícias

Home » Destaques » Grupo Big, antigo Walmart Brasil, vai reorganizar bandeiras de supermercado

Grupo Big, antigo Walmart Brasil, vai reorganizar bandeiras de supermercado

Por Redação SA Varejo – 13/08/2019

 

Entre as mudanças, Mercadorama deixará de existir e Bompreço passará a se chamar Super Bompreço

 

Grupo Big, nova denominação para o antigo Walmart Brasil, deu mais detalhes sobre a reformulação definida pelo fundo Advent International, controlador de 80% da empresa desde meados de 2018. Além das mudanças nos hipermercados , que passarão a se chamar Big, no Sul e Sudeste, e Big Bompreço, no Nordeste, as bandeiras de supermercado também sofrerão alterações.

As lojas do formato nos estados nordestinos, que hoje se chamam Bompreço, serão rebatizadas de Super Bompreço. Abaixo da região Nordeste, os supermercados do grupo terão a marca Nacional, cuja origem remete ao Sul do país. Com a reestruturação, deixará de existir a bandeira Mercadorama, atualmente presente em apenas seis lojas no Paraná. Essa reorganização dos supermercados tem previsão para ocorrer no segundo semestre de 2020, após conclusão das mudanças nos hipermercados do novo Grupo Big.

“Numa transformação deste tamanho, eu tenho que escolher o que vou fazer primeiro. A palavra que mais repito aqui é foco. Deixar de lado o que não importa para fazer o que realmente precisa”, declarou Luiz Fazzio, presidente da companhia, em entrevista ao jornal Valor Econômico.

O executivo também detalhou a decisão de não utilizar mais a bandeira Walmart. “Eu tenho uma marca global de sucesso absoluto que é o Walmart, mas que no Brasil nunca foi a mesma coisa que lá fora. A sensação que tenho é que as pessoas sempre esperaram que isso acontecesse, e ficaram com essa expectativa na cabeça. Em parte, por causa dessa referência, a decisão de mudança foi muito difícil”, comentou Fazzio. O jornal Valor Econômico apurou, no entanto, que a não utilização da marca pode ter efeitos positivos nas margens de lucro, uma vez que a empresa pagava royalties de 0,7% sobre as vendas. Agora, pagará royalties apenas pelo uso da marca Sam’s Club, cujo percentual seria inferior.

Hiper e Atacarejo

O primeiro processo de adequação, no entanto, envolve 127 hipermercados, dos quais 100 devem receber as novas marcas Big e Big Bompreço até junho de 2020. Os outros 27 deverão ser convertidos em atacarejo Maxxi Atacadoou em clube de compras Sam’s Club, bandeiras que também receberão novas lojas. Ao final da reestruturação do portfólio, o Grupo Big deve saltar de 412 para 433 lojas no total.

 

Fonte: Valor Econômico

Comentários