20 de setembro, 2020
  • ADITAMENTO À CONVENÇÃO
    COLETIVA DA CAPITAL - 2019/2020
  • Dissídio Coletivo de Guarulhos
    2019/2020 no TRT 2ª Região
  • Terço constitucional de férias
  • Suspensão e redução de
    contrato de trabalho
  • ORIENTAÇÃO AOS EMPRESÁRIOS
  • Uso de máscaras
    torna-se obrigatório
  • Cartilha da CNC orienta sobre
    retomada da atividade econômica
    pós-coronavírus
  • Saiba como fica o trabalho aos
    domingos e feriados com a
    revogação da MP nº 905/2020
  • Trabalho em feriados
  • CNI publica síntese das medidas
    trabalhistas constantes das
    MPs nºs 927, 936, 944 e 946
  • Comunicado sobre efeitos
    das MPs 927 e 936
  • Esclarecimentos sobre o aditamento
    firmado pelo Sincovaga e SECSP
  • VOCÊ TEM DESCONTO NO CERTIFICADO DIGITAL


  • Plano Odonto Empresas a partir de
    R$ 12,00 mensais por pessoa
  • Acesse aqui a Base Territorial
    Sincovaga

Convenções Coletivas

Certidão Obrigatória

Bate-papo com Sincovaga

Guia para reabertura do comércio

Qualicorp

Plano Odonto Empresas

ARTIGO SINCOVAGA

O arroz e o vilão da vez

(*) Alvaro Furtado

Foi-se o tempo em que a expressão “feijão-com-arroz” era sinônimo de algo comum, corriqueiro. A recessão foi colocando cada vez mais caldo e menos feijão no prato de quem ainda o tinha na mesa. Agora o arroz é praticamente item de luxo, uma verdadeira iguaria, com preços que saltaram de R$ 15,00 em média o pacote de 5 quilos, para até R$ 40,00 em muitos estabelecimentos.

Como explicar isso, se o Brasil é um dos 10 maiores produtores de arroz do mundo? Quando ocorre uma alta de preços nos alimentos nessa proporção começam a ser apontados os candidatos a culpados. É importante esclarecer que o aumento no preço do arroz, principal item da cesta básica, não é uma decisão do varejo de alimentos, mas dos fornecedores do produto.

Últimas notícias

SincovagaNotícias

Negociação e transparência devem ditar relações de trabalho em home office

O trabalho remoto se consolidou e já é realidade no País, garante o advogado Eduardo Pastore, da Pastore Advogados, espec...

Montar um serviço de delivery exige atenção a todo o processo

O serviço de delivery é cada vez mais presente (e necessário) no setor supermercadista, embora sua implantação traga al...

Meios de pagamento têm cada vez mais tecnologia e menos papel

Nessa era do “não me toque” da Covid-19, a transformação digital do varejo ganhou um ritmo alucinante e, se antes da ...

Plataformas digitais reforçam comércio de bairro

De um dia para o outro, a venda on-line passou de última da lista de prioridades de muitos micro e pequenos varejistas para...

Novos hábitos na quarentena mudam perfil de vagas no setor

O Coronavírus acelerou enormemente as mudanças no varejo de alimentos do País. A situação atípica de isolamento social...

Ruptura e controle de estoque são desafios adicionais na pandemia

Em tempos de Coronavírus, o ajuste fino no controle de estoque pode definir a sobrevivência ou a morte de um pequeno super...

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá! Tudo bem?
Como podemos te ajudar?