21 de janeiro, 2021

Notícias

Home » Varejo » Carrefour segue tomando medidas sobre o caso no RS

Carrefour segue tomando medidas sobre o caso no RS

Após o episódio no supermercado Carrefour de Passos D’Areia, bairro de Porto Alegre, que levou à morte de João Alberto Silveira Freitas, no dia 19 de novembro, a rede segue tomando algumas medidas, como por exemplo, o contato com João Batista, pai de João Alberto, para oferecer apoio à família, e com a esposa, Milena Borges, que direcionou a iniciativa para o seu advogado.

Entre as tratativas que estão avançando com os advogados da família, a rede também se comprometeu em oferecer uma ajuda emergencial à família de João Alberto, e o acesso ao serviço de uma assistente social que dará apoio psicológico à viúva (Milena Borges), à filha mais velha,Thaís; e à ex-mulher de João Alberto, com quem teve três filhos.

 

Ações dentro das lojas

 

No paralelo, o Carrefour também pretende iniciar o seu processo de transformação radical do modelo de segurança, com a contratação de pessoas para internalizar esse tipo de serviço na loja de Passos D’Areia, em até uma semana (no próximo dia 4 de dezembro). As outras duas unidades da rede, na cidade de Porto Alegre, também estão incluídas nessa medida.

Além disso, a rede criou o Comitê Externo de Livre Expressão sobre a Diversidade e Inclusão. E em breve, pretende oferecer um canal aberto para, via Comitê, ampliar as ações e o diálogo com outras organizações no País, que irão contribuir para que o ocorrido em Porto Alegre não se repita.

Em nota, o Carrefour afirma que nada trará a vida do senhor João Alberto de volta, mas espera poder ajudar a família neste momento de dor irreparável, além de continuar avançando para implementar as medidas que ajudarão a combater a discriminação racial no Brasil e a mudar o racismo estrutural na sociedade.

 

https://supervarejo.com.br/materias/carrefour-segue-tomando-medidas-sobre-o-caso-de-porto-alegre

 

Comentários

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá! Tudo bem?
Como podemos te ajudar?