03 de julho, 2020

Notícias

Home » Destaques » Procon-SP divulga ranking de reclamações em atendimentos; operadoras lideram

Procon-SP divulga ranking de reclamações em atendimentos; operadoras lideram

Não são raras as vezes nas quais aparecem casos de operadoras multadas em valor milionário pelo Procon-SP por alguma prática ilegal aos seus clientes. Agora, as provedoras de serviços de telecomunicações aparecem na liderança do ranking de reclamações em atendimentos da entidade.

Durante essa semana, a fundação paulista de defesa aos direitos do consumidor revelou sua mais atualizada lista. As três primeiras posições são ocupadas por Vivo, Claro e TIM, respectivamente. Veja abaixo:

Com dados referentes ao acumulado do ano de 2019 no estado de São Paulo, outras operadoras – como SKY, Oi e Nextel – ainda figuram no ranking em posições mais inferiores. Juntas, as seis somam 96.321 queixas no período.

No caso das três primeiras, a Vivo foi a que possuiu um número maior de reclamações, com 30.753, das quais 12.806 teriam sido de cobrança indevida ou abusiva. Já a Claro Brasil – que abrange as marcas Claro, NET e Embratel – teve 27.662 queixas, com 13.029 de preços indevidos/abusivos. Para completar, a TIM fecha o “pódio”, com 22.842 reclamações, dentre elas 11.774 do mesmo motivo principal das duas empresas anteriores.

Quanto ao índice de resolução, Vivo (88,96%), Grupo Claro (89,50%) e TIM (80,04%), além da SKY (80,09%), ficam na faixa dos 80%. Abaixo disso, aparece a Oi, com 78,92% dos problemas solucionados. Já a Nextel tem 92,74% dos casos resolvidos.

Qualquer pessoa pode acessar o ranking do Procon-SP, por meio deste link. A entidade ainda organiza o número de reclamações em atendimentos no período dos últimos 60 dias.

 

Comentários

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá! Tudo bem?
Como podemos te ajudar?