05 de março, 2021

Notícias

Home » Destaques » Varejo cresce 1,1% em outubro mas perde ritmo de aceleração

Varejo cresce 1,1% em outubro mas perde ritmo de aceleração

DA REDAÇÃO • SÃO PAULO

Publicado em 22/11/18

Levantamento indica que as vendas do setor de varejo apresentaram crescimento de 1,1% no mês de outubro em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado morno foi sustentado, em parte, pelo bom desempenho no Dia das Crianças.

O estudo, realizado pela Mastercard, ainda aponta que a média dos últimos três meses teve uma pequena desaceleração, mas permanece positiva, totalizando 0,9% de crescimento. No acumulado do ano até outubro, o volume total de vendas do varejo em cresce 1,7% em comparação ao mesmo período de 2017.

“Notamos que durante a semana que antecedeu a data comemorativa [Dia da Criança], as vendas no comércio tiveram uma expansão de 2,1% em relação ao mesmo período do ano passado, o que impactou positivamente os resultados do mês”, argumentou o economista-chefe da Mastercard Advisors no Brasil, César Fukushima.

Segundo o balanço, a perspectiva de crescimento permanece de crescimento modesto para os próximos meses.

Quatro setores tiveram alta acima do indicador de vendas totais: móveis e eletrodomésticos, artigos farmacêuticos e artigos de uso pessoal e doméstico. No entanto, os segmentos de combustíveis, vestuários e supermercado apresentaram performance abaixo da média.

Na comparação ano contra ano, as vendas do e-commerce registraram aumento de 9% em outubro, uma desaceleração quando comparado aos resultados dos últimos meses deste ano. Os setores de eletrônicos, artigos farmacêuticos e móveis tiveram desempenho superior à média, enquanto os setores de vestuário e hobby & livraria ficaram abaixo do crescimento do canal. O volume total de vendas em 2018 no e-commerce indica 19,4% de crescimento no comparativo com 2017.

Em relação ao desempenho de cada região do Brasil, o Nordeste aparece em primeiro lugar, com alta de 1,9%; seguido pelo Centro-Oeste (1,2%); o Norte manteve-se estável (0,0%); o Sudeste registrou retração (-0,5%); e o Sul (-0,1%) no mesmo período analisado.

Shopping centers

Segundo um estudo realizado pelo Ibope, o fluxo de pessoas em shoppings no Brasil mantém a trajetória de crescimento pelo terceiro mês consecutivo. A evolução em outubro foi de 2,6% ante igual período de 2017. Já os shoppings da Grande São Paulo apresentaram o avanço mais acelerado entre as regiões, enquanto os empreendimentos da Grande Recife mantiveram o padrão de queda dos meses anteriores.

 

https://www.dci.com.br/comercio/varejo-cresce-1-1-em-outubro-mas-perde-ritmo-de-acelerac-o-1.759851

Comentários

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá! Tudo bem?
Como podemos te ajudar?