14 de abril, 2021

Notícias

Home » Geral » WhatsApp pode ser um forte aliado do Pix nas transações

WhatsApp pode ser um forte aliado do Pix nas transações

Ao conceder a autorização ao WhatsApp para a realização de transferências de recursos entre seus usuários, o Banco Central (BC) abre agora um caminho sem precedentes para que o aplicativo possa em breve incluir outras funcionalidades relacionadas aos pagamentos, como a conexão com o Pix, e tornar, por exemplo, este pagamento instantâneo ainda mais popular.

Neste início de operação, as transações de pagamento vão envolver principalmente alguns arranjos de pagamento entre a Visa e a Mastercard, até porque o BC deixou claro que a sua autorização se restringe somente ao WhatsApp como iniciador de transação de pagamento, sem envolver o Facebook Pay, que é mais abrangente e por isso, os seus arranjos de compras ainda estão em análise e, sem a previsão de envolvimento também do Messenger ou Instagram.

Para Bruno Segatto, cofundador da Xsfera, plataforma de serviços especializados de consultoria de negócios e regulatórias, focada no mercado financeiro e de pagamentos, diante desses critérios, por enquanto serão realizadas somente as transferências entre pessoas físicas. “Desta forma, as compras em estabelecimentos, usando essa ferramenta, ainda não serão permitidas, mas todas essas funcionalidades serão evoluções naturais da solução”, antecipa.

Para que o WhatsApp possa ser utilizado na transferência de valores, a conta do aplicativo deverá estar vinculada a um banco ou uma fintech, que já ofereça uma conta transacional ao usuário. Além disso, será necessário o cadastramento dos cartões que movimentam tais contas para que a transação seja efetivada.

De acordo com Segatto, os arranjos da Visa e Mastercard, aprovados na mesma data que o WhatsApp, são quem, de fato, possibilitarão que a movimentação ocorra de forma equivalente a uma transação de pagamento por cartão de débito, crédito ou pré-pago. E futuramente, é muito provável que a aplicação também esteja conectada ao Pix, que por conceito não necessitará das bandeiras para a efetivação da transação, nem do ambiente dos bancos.

“A maior facilidade de uso e a inquestionável capilaridade do WhatsApp, certamente, poderão contribuir para popularizar ainda mais o Pix e fomentar a geração de novos modelos de negócios. Por isso, acredito ser importante que o BC estimule, no curto prazo, o WhatsApp a também se conectar ao Pix, uma vez que a autorização concedida já permite tal atuação”, conclui.

 

https://www.supervarejo.com.br/materias/whatsapp-ja-pode-ser-usado-para-transferencias

Comentários

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá! Tudo bem?
Como podemos te ajudar?